MATLAB na engenharia: conheça seus usos e aplicações

MATLAB na Engenharia: conheça seus usos e aplicações!

5 minutos de leitura


O MATLAB é uma ferramenta facilitadora na engenharia, que auxilia na elaboração e desenvolvimento de projetos, simplificando a rotina de profissionais da área e permitindo mais possibilidades.

Termo derivado de Matrix Laboratory, essa linguagem de programação serve para a realização de cálculos numéricos com vetores e para desenvolver matrizes, de forma mais acessível e interativa.

O software se tornou referência na área por ser extremamente dinâmico e modular, oferecendo diversas soluções em uma única ferramenta, sendo ensinado e utilizado em mais de 6.500 escolas e universidades em todo o mundo

Neste artigo você vai saber mais sobre o uso do MATLAB na engenharia e como ele pode facilitar a rotina dos profissionais. Confira alguns tópicos que iremos abordar a seguir:

  • Quais as soluções do MATLAB na engenharia
  • Como usar o MATLAB no dia a dia
  • Para quem é indicado o uso do MATLAB
  • O que pode ser criado dentro do MATLAB

 

Boa leitura!

 

Confira algumas das soluções do MATLAB para a engenharia 

Como dito acima, o MATLAB tem várias funcionalidades e apresenta uma gama de soluções para diferentes áreas da engenharia. Separamos algumas que ajudam na automação de processos e ganho de eficiência.

 

1. Data Science

Data Science tem revolucionado diversas áreas, como medicina, indústria automobilística, comunicações, entre outros.

O MATLAB oferece ferramentas para acessar e pré-processar dados, desenvolver modelos preditivos e de machine learning, além de implementar modelos em sistemas de TI corporativos.

O software utiliza notações matemáticas familiares e chips com aplicativos gráficos que ajudam você a concluir mais rapidamente tarefas de análises.

 

Veja também:

O que é o MATLAB e para que serve?

 

2. Deep Learning

O uso de Deep Learning tem se expandido para virtualmente todos os segmentos do mercado. Porém continua sendo um desafio sair de um sistema de Deep Learning para um sistema real de inteligência artificial.

Nesse sentido, o MATLAB traz vantagens como:

  • Aplicativos interativos de deep learning para rotulagem, que incluem dados de sinais, áudio, imagem e vídeo. Isso permite treinar modelos mais rapidamente e obter resultados mais rapidamente.
  • Ajuda na geração de dados sintéticos, quando você não tem dados suficientes, inclusive com simulação sem ambientes tridimensionais.
  • Possui várias formas de integração e transferência de dados entre diferentes estruturas de deep learning, bem como possui portabilidade para diversas linguagens e formatos empresariais.

 

Veja também:

Análise preditiva: o que é e qual a sua importância

 

3. Computer Vision

Outra solução possível de ser explorada com o MATLAB na engenharia é a Visão Computacional – processo de modelagem e replicação da visão humana em máquinas, por meio de hardware e software.

Através dos recursos de Computer Vision, é possível utilizar imagens e vídeos para detectar, classificar e rastrear objetos ou eventos, com objetivo de entender cenas do mundo real.

MATLAB possui diversos exemplos para te ajudar a começar, além de te dar acesso a inúmeros modelos desenvolvidos e testados exaustivamente por experts no assunto.

MATLAB na Engenharia: conheça seus usos e aplicações!

Veja também:

Manutenção preditiva: o que é e como funciona

 

4. Machine Learning

Engenheiros podem implementar milhares de aplicações com o uso de machine learning nos processos de produção, dentre outros setores. 

Treine modelos, sintonize parâmetros e implemente-os; tudo de um jeito mais simples, intuitivo e integrado em uma única plataforma.

MATLAB na Engenharia: conheça seus usos e aplicações!

5. Manutenção Preditiva

Engenheiros podem combinar o MATLAB, o Simulink e o Predictive Maintenance Toolbox para desenvolver e implementar softwares de monitoramento e manutenção preditiva em sistemas de produção.

É isso mesmo! Existe uma ferramenta exclusiva, embarcada na plataforma, dedicada à manutenção preditiva.

 

Veja também:

Manutenção preditiva: o que é e como funciona

 

6. Robótica

Com o MATLAB e o Simulink, engenheiros podem projetar e simular sistemas autônomos, desde a percepção do movimento até a otimização do comportamento.

Além das soluções citadas, há várias outras a serem exploradas, como sistemas de processamento de sinais, comunicação wireless, control systems e quantitative finance.

 

Como usar o MATLAB no dia a dia

Dentro da rotina de engenheiros dos mais variados segmentos – da indústria aeronáutica ao setor financeiro – com o MATLAB é possível desenvolver projetos e executar tarefas complexas de forma mais prática, segura, rápida e escalável que em qualquer outra ferramenta. 

Como já possui diversas funções prontas, o usuário apenas busca o que precisa, em vez de ter de criar a solução que necessita.

Um dos grandes diferenciais do MATLAB é ser capaz de atender desde as mais complexas e amplas necessidades (usando diferentes recursos ao mesmo tempo) até às tarefas mais simples, dispondo de somente um de seus módulos.

Dessa forma, com o MATLAB no dia a dia, engenheiros podem:

  • Trabalhar e calcular números reais e complexos, com precisão e em pouco tempo.
  • Desenvolver matrizes por meio de uma linguagem fácil de ser entendida.
  • Analisar e visualizar dados de maneira rápida.
  • Criar interfaces amigáveis e desenvolver aplicativos de programação.
  • Projetar e implementar algoritmos, “do zero” ou a partir dos modelos já pré existentes.

 

Entre muitas outras possibilidades virtualmente infinitas, dada a enorme flexibilidade e adaptabilidade do software MATLAB & Simulink.

 

Saiba mais:

Confira 7 fatos que tornam o MATLAB o preferido entre engenheiros e cientistas!

 

Para quem é indicado o MATLAB?

Como o MATLAB possui uma linguagem de fácil entendimento e uma plataforma intuitiva e flexível, pode ser usado em diversas áreas e segmentos e por empresas de diferentes portes, sendo capaz de atender as demandas dos mais especializados engenheiros e cientistas.

Como a linguagem é simples e prática, os estudantes também usam amplamente o software. Atualmente, cursos de engenharia das melhores universidades ensinam a usar o MATLAB & Simulink nas disciplinas ou em aplicação direta em projetos de extensão (Ex: Baja, Fórmula FSAE, etc.).  

Além disso, o software possui ferramentas e técnicas, como toolboxes, estatísticas, gráficos e simulações, que podem ser usados para resolver quaisquer tipos de problemas e desenvolver projetos de todos os níveis, não importa de qual área sejam. 

 

Veja também:

Conheça a OPENCADD: soluções para a Indústria 4.0

 

O que pode ser criado dentro do MATLAB?

Assim como não há uma indicação limitada de quem pode usar o MATLAB (atendendo a todos), também não há restrições do que pode ser criado dentro dele.

Com o MATLAB & Simulink na engenharia, é possível criar, por exemplo, desde modelos de análise preditiva e de gerenciamento de risco no setor financeiro, até desenvolver comunicação wireless. 

Essas são apenas algumas das oportunidades e possibilidades do MATLAB, sendo que ele pode otimizar processos e projetos de praticamente todas as áreas da engenharia. 

 

Com tudo o que vimos neste artigo, concluímos que o MATLAB & Simulink tem um papel fundamental nas atividades da moderna engenharia. Com seus cálculos precisos, automação de processos e otimização de tempo, a ferramenta é uma poderosa aliada na rotina de trabalho dos engenheiros da indústria 4.0. 

Quer saber mais sobre o software e sua capacidade? Acesse agora o link abaixo e faça um teste online!

 

QUERO TESTAR O MATLAB

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »